Aula na UFS

Projeção pronta, só aguardando a hora de iniciar a aula.

A mais recente aula ministrada foi na Universidade Federal de Sergipe (UFS), dia 19 de junho de 2018. O intento foi de disputar vaga na seleção para Professor Substituto do Núcleo de Ciências da Religião. Na modalidade escolhida por mim, Religião e Educação, todos os candidatos tiveram que ministrar aula sobre História e Materiais Didáticos do Ensino da Religião. Agora é aguardar a avaliação dos examinadores. O syllabus da aula pode ser consultado AQUI; porém, só estará disponível após o resultado final da avaliação para não interferir na condição reservada do processo seletivo.

Independente do resultado, vale dizer que poucas coisas são tão gratificantes quanto a oportunidade de ministrar aula num centro de formação acadêmica. Soli Deo Gloria.

Aspecto da sala de aula antes de iniciar a avaliação.

OMNIA EX UNO

Inaugurado o programa editorial do GPDAS/UFS

Na noite de 21 de fevereiro de 2018, o Grupo de Pesquisa Diáspora Atlântica dos Sefarditas,  vinculado à Universidade Federal de Sergipe (GPDAS/UFS) inaugurou seu programa editorial com o lançamento do livro NEFESH PEREGRINA: transmigrações e rotas da diáspora judaica.

Eis a palavra de apresentação trazida ao evento pelo prof. Dr. Marcos Silva, coordenador do GPDAS/UFS:

A referida obra traz 9 capítulos escritos por alguns dos pesquisadores membros do GPDAS. São textos que abordam de forma variada temas comuns que motivam suas investigações, quais sejam, as características histórico-religiosas dos judeus que se dispersaram ao mundo a partir da Península Ibérica pelas mais diversas rotas migratórias. O livro, publicado pela Editora CRV, reúne as seguintes análises:

ASPECTOS DA HISTORIOGRAFIA JUDAICA SOBRE A EXPERIÊNCIA SEFARDITA NO MUNDO ATLÂNTICO. SÉCULO XVI AO XIX.
Marcos Silva

A CONSCIÊNCIA HISTÓRICO-RELIGIOSA DOS SEFARDITAS NA EXPERIÊNCIA DE JUDÁ ABRAVANEL (LEÃO HEBREU) EM SUA ERRÂNCIA DE SER-EM-EXÍLIO.
Gilmar Araujo Gomes

APRESENTAÇÃO E TRADUÇÃO DAS PROPOSIÇÕES I-IX, LIVRO I, DA PUERTA DEL CIELO, DE ABRAHAM COHEN DE HERRERA.
Rodrigo Pinto de Brito

O JUDAÍSMO SECRETO DE ANTÔNIO JOSÉ DA SILVA, O JUDEU: trajetória e possibilidades de uma vida atormentada.
Josevânia Souza de Jesus Fonseca

A SEXUALIDADE NO MEIO CRISTÃO-NOVO: a formação do Capital Erótico no grupo familiar de Leonor Nuñez.
Nilton Bruno Feitosa Santana

BREVE PANORAMA DAS LEIS ACERCA DOS CRISTÃOS-NOVOS E JUDEUS NOS DOCUMENTOS OFICIAIS DA INQUISIÇÃO PORTUGUESA.
Priscilla da Silva Góes

CONTRA A “GRANDE LIBERDADE”: as interferências de calvinistas e católicos contra a liberdade de consciência religiosa conferida aos judeus no Brasil holandês.
Nelson Santana Santos

REPRESENTAÇÕES DE “IMAGINADAS” IDENTIDADES JUDAICAS NO MUNDO ANTIGO.
Thiago Borges de Santana

RIKUD VIRA-LATA: um título metafórico para uma dança que aborda um corpo híbrido de um judeubrasileiro/brasileirojudeu na contemporaneidade.
Fernando Davidovitsch

A atividade acadêmica, conduzida pela profa. Ma. Priscilla Góes, foi adornada com música sefardita em idioma ladino, a língua ibérica falada pelos sefarditas. As canções foram executadas pelo grupo formado pelos músicos Vanessa Góes; Juliana Góes; Marcus Vinícios e Pedro.

A programação seguiu com os autores expondo resumidamente as ênfases abordadas em seus respectivos capítulos, e respondendo perguntas do atento auditório que se formou. A noite concluiu-se com autógrafos nos exemplares vendidos durante o evento.

Profa. Ma. Priscilla Góes na condução do evento

Aspecto do auditório presente ao evento.

Autores expondo suas temáticas e respondendo questionamentos:

Autógrafos dos autores:

Registre-se que o sucesso e a dinâmica do evento muito se deveu ao apoio dos colegas Ernania Santana, Arilson Santana, Carol Goes e Claudemir Braz, que lá estiveram somando esforços e representando os demais membros do GPDAS/UFS que, por motivos justificados, não puderam estar presentes.

Vencida esta etapa, o GPDAS/UFS retoma sua dinâmica acadêmica, desenvolvendo as pesquisas que seus membros empreendem sobre os judeus sefarditas em diáspora pelo mundo. Certamente novos livros surgirão, contribuindo com as mais atuais e significativas reflexões sobre uma temática tão vasta e ainda carente de análises aprofundadas como as que compuseram o livro NEFESH PEREGRINA: transmigrações e rotas da diáspora judaica.


AD ASTRA PER ASPERA.

III Semana de Estudos Avançados na ABC²

 


Iniciando as atividades em 2018, de 31/jan a 04/fev participei da III Semana de Estudos Avançados da ABC³ (Associação Brasileira de Cristãos na Ciência), em Confins/MG.

Tempo precioso para reflexão, debate e estudos abordando a relação entre ciência e fé. Numa programação intensa, mais de 40 alunos de várias partes do Brasil (secundaristas, graduados, mestres e doutores), estudantes e profissionais fazendo pesquisa em diversas instituições acadêmicas (UNICAMP, UFMG, USP, UFRJ e outras) compartilharam conhecimento comum a partir de suas áreas específicas (física, sociologia, psicologia, biologia, engenharia, teologia, química, direito, administração, filosofia, etc.), sobre os mais recentes debates acadêmicos no Brasil e restante do mundo.

Num agradável ambiente de interação cristã, fomos desafiados a partir da análise de questionamentos, extensa fonte de consulta e uma importante bibliografia que vem sendo formada a partir de traduções recentemente publicadas pela Editora Ultimato na série Ciência de Fé Cristã.

A eficiente equipe organizadora (Ana Flávia, Janaína Aguiar e Luis Felipe) e o local escolhido foram fundamentais para a fluidez da programação proposta e cumprida!

Ao final deste grande exercício intelectivo de motivação espiritual, ficam como prêmio desse esforço as novas amizades e a percepção de que outros cristãos com a mesma inquietação epistêmica têm caminhado no mesmo propósito de exercerem o mandato cultural. SOLI DEO GLORIA.

Próximo passo: estabelecer em Sergipe um grupo de estudos da ABC². Que tal?

AD ASTRA PER ASPERA!

A seguir, aspectos da sala de aula:

Mais de 40 pessoas reunidas para a III Semana de Estudos.

A post shared by cristaosnaciencia (@cristaosnaciencia) on

 

OBS: Fotos e vídeo retirados das páginas da ABC² .
<https://www.instagram.com/p/Benzj9oB85J/?taken-by=cristaosnaciencia>
<https://www.facebook.com/cristaosnaciencia/>

Sabedoria Teologal Mosaica #02

Como a beleza do Criador sobrepuja qualquer outra beleza criada, e só ela é beleza perfeita, tens de reconhecer, por conseguinte, que ela é a medida de todas as outras belezas e que por ela se avaliam todas as carências de perfeição das outras.

Leão Hebreu
(ABRAVANEL, 2001, p. 302)

Sabedoria Teologal Mosaica #01

O primeiro amor é o do primeiro amante ao primeiro amado. Mas como nenhum deles nunca nasceu, sendo antes eternos um e outro, é forçoso também acrescentar que o amor deles, que é o primeiro amor, nunca nasceu, antes é eterno como eles e de ambos produzido ab aeterno.

Leão Hebreu
(ABRAVANEL, 2001, p. 290, 291)

Quando o juiz quer fazer lei.

A cruenta plasticidade desta foto é por demais eloquente!

No site SENSO INCOMUM, o articulista Flávio Morgenstern analisa as intenções políticas e ideologias macabras dos que tratam do aborto como se fosse matéria de exclusiva abordagem científica. Muito esclarecedor. LEIA!

Aborto no STFAborto no STF: história, ciência e fatos

A legalização do aborto é discutida cada vez mais rapidamente no Brasil. Há mesmo ciência nos argumentos usados sobre o tema na internet?

por Flavio Morgenstern

LEIA A REPORTAGEM AQUI