Protestantismo no Campo Religioso Brasileiro: formação da área e ramificações atuais

Curso: Mestrado em Ciências da Religião da UFS
Disciplina: Campo Religioso Brasileiro
Local: [Didática VI, sala 12, UFS – a confirmar]
Data: 17/05/2017
Horário: 13h30min – 17h30min
OBS: Aula ministrada sob supervisão da Profa. Dra. Marina Corrêa, titular da disciplina.

INTRODUÇÃO
No Campo Religioso Brasileiro, o Protestantismo ocupa lugar de inquietante importância, tanto para a formação de subculturas quanto para fomento de transformações sociais, ao tempo em que gera matizes religiosas de múltiplas interpretações.

PROBLEMATIZAÇÃO
Diverso desde sua origem europeia, a compreensão do protestantismo no Brasil passa pela distinção das motivações que impulsionavam a inserção dos primeiros grupamentos; outra corrente de investigação permanece atenta ao sincretismo dos protestantes com as manifestações religiosas autóctones.

OBJETIVOS
Objetiva-se, assim, entender o lugar do protestantismo na formação do campo religioso brasileiro ao tempo em se percebem as ramificações atuais de suas práticas, intentando notar possível diluição de propósitos ou surgimento de novos conceitos.

PROPOSTA DE PESQUISA
Propõe-se acompanhar as análises dos pesquisadores consagrados no estudo do tema, conferindo-as em texto e representações imagéticas encontradas diariamente na sociedade.

PROGRAMA
Apresentação
I. Origens do Protestantismo
II Motivações da Expansão
II.1. Protestantismo de Migração
II.2. Protestantismo de Missão
III. Protestantismo e Campo Religioso Brasileiro
III.1. Elementos protestantes na formação da área
III.2. Desafios da religiosidade autóctone
IV. Efeitos do Protestantismo no Campo Religioso Brasileiro
IV.1. Sincretismo, secularização ou sacramentalização?
IV.2. Investigações iniciais do pentecostalismo no Brasil
Conclusão

BIBLIOGRAFIA

BERGER, Peter L. O Dossel Sagrado: elementos para uma teoria sociológica da religião. São Paulo: Paulus, 1985

BOURDIEU, Pierre. Gênese e estrutura do campo religioso. In: BOURDIEU, Pierre. A Economia das Trocas Simbólicas. São Paulo: Perspectiva, 1998. p. 27-78

MENDONÇA, Antônio Gouveia; VELASQUES FILHO, Prócoro. Introdução ao Protestantismo no Brasil. São Paulo: Loyola, 1990. p. 11-59; 133-144.

NEGRÃO, Lísias Nogueira. Pluralismo e multiplicidades religiosas no Brasil contemporâneo. Sociedade e Estado, Brasília, v. 23, n. 2, p. 261-279, maio/ago. 2008.

RIBEIRO, Boanerges. Protestantismo no Brasil Monárquico. São Paulo: Pioneira

SILVEIRA, Emerson. Notas conceituais sobre o conceito de liderança e o mundo evangélico . In: NASCIMENTO, Ester F. V. do; CABRAL, Newton D. A.; SOUZA, José Roberto de. (Orgs.). Lideranças protestantes no Brasil: ensaios biográficos. Recife: Editora UFPE, 2015, p. 21-40.